Editorial

Terceira via

24/05/2022 às 05:30
Atualizada em 24/05/2022 às 08:32.

A pergunta que muita gente deve estar se fazendo, desde ontem, quando João Doria, pré-candidato à Presidência pelo PSDB, anunciou sua saída da disputa pelo Palácio do Planalto, é qual o impacto dessa decisão na corrida eleitoral? Com cerca de 2% nas pesquisas, o tucano vinha com poucas chances de vencer a polarização atual.

O PSDB há tempos vive uma crise interna, que levou Geraldo Alckmin para a chapa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, e mesmo antes das prévias, Doria não era uma unanimidade na legenda, como mostraram os embates com Eduardo Leite, ex-governador do Rio Grande do Sul.

Como Doria destacou no pronunciamento de ontem, ele não era a escolha da cúpula do partido, embora em algum momento tenha recebido o apoio do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. O PSDB agora tem como o caminho mais provável desistir da candidatura própria e apoiar algum outro candidato, ainda na esperança de uma terceira via.

João Doria sai de cena, e a corrida eleitoral segue, provavelmente sem muitas novidades pelo caminho. Os eleitores, pelo que indicam as pesquisas, tendem, em sua maioria, entre o ex-presidente Lula e o atual, Jair Bolsonaro. O ocupante do Palácio do Planalto, aliás sempre teve no ex-governador de São Paulo um grande adversário, principalmente no auge da pandemia do coronavírus (Covid-19).

Houve muito marketing com certeza, especialmente em relação às vacinas, o que é característico de Doria, mas também há méritos, quando se pensa no descaso com que o atual presidente e sua equipe trataram a saúde dos brasileiros. E sempre vale lembrar que o vírus continua por aí. A pandemia arrefeceu, mas ainda não acabou.

Enquanto isso, a vida segue com a inflação a 12%, e um saldo positivo aqui, outro acolá de vagas, mas um desemprego acima dos dois dígitos que persiste. Os mais afetados sempre são aqueles já têm pouco, e acabam tendo que apertar mais ainda o cinto. Se discutem vias para Presidência da República, com certeza necessárias, mas as mudanças que realmente devem ser feitas, ficam no discurso raso.

 

Quem Somos

Fundado por Paschoal Thomeu – circulou em 22 de novembro de 1975. Em 1992, o administrador de empresas e publicitário Sidney Antonio de Moraes adquiriu a marca e relançou o jornal em 27 de outubro. O projeto foi ganhando força e, em 23 de abril de 1997, o jornal, até então preto-e-branco e veiculado apenas uma vez por semana, passou a circular colorido e bissemanalmente. Em 18 de maio do mesmo ano, a circulação foi ampliada para trissemanal e, finalmente, em 21 de junho de 1997 concretizou-se o lançamento do Mogi News diário. São inúmeras ações que, aliadas à qualidade editorial e gráfica, consagram o Mogi News como o jornal mais lido e respeitado do Alto Tietê

Categorias
Entre em contato:

(11) 4735-8000
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Av: Japão, 46 - sala 06 - Vila Ipiranga - Centro - Mogi das Cruzes

© 2022 Todos Os Direitos Reservados Ao Portal News